Relatório

now browsing by category

 

Assembleia da República Portuguesa – Audiência PISCDIL

Presidência da Assembleia da República Portuguesa – Audiência PISCDIL

 Fonte: Wikypedia, Lisbon_Portugal (Sharon_Hah…

 

A PISCDIL (Plataforma Internacional da Sociedade Civil da Diáspora Lusófona) foi recebida em audiência pela Presidência da Assembleia da República Portuguesa, Dr. Ferro Rodrigues, representado por Deputado Dr. Porfírio Silva, Presidente da Delegação da
Assembleia da República à Assembleia Parlamentar da CPLP, acompanhado pelo Assessor Parlamentar Dr. Rodrigo Knopfli, na Sala 7, dia 18 de fevereiro de 2020.

Da PISCDIL, estiveram presentes, seguindo a lista enviada:

  1. Alberto Araújo – Presidente da Direcção e representante de Timor Leste/Lorosa’e.

  2. Dr. Ricardo Amaral Pessoa, Vice-Presidente por Brasil.

  3. Dr. José Sérgio Vieira, Vice-Presidente por Cabo Verde.

  4. Prof. Investigador Doutor Nuno Emanuel André, Vice-Presidente por Portugal.

  5. Dr. Vitor Ferreira, representação Portugal

  6. Pe. António Colimão, Vice-Presidente por Damão e Diu.

  7. Adv. Marta Carvalho Rodrigues, Conselho Consultivo da PISCDIL e Presidente da Fundação de Mulheres para a Paz Mundial (FMPM).

  8. Estudante universitário Rui Bauhofer, Presidente da Direcção da Associação de Estudantes Moçambicanos em Portugal.

  9. Prof.ª Dr.ª Fernanda Silva, Formação em Liderança da Nação e Cidadania.

  10. Dr.ª Joaninha Denise Correia, já Vice-Presidente e actual membro do Conselho Consultivo por Guiné Bissau.

  11. Jurista Mário Anselmo Fernandes, Formação em Liderança da Nação e Cidadania, Cabo Verde.

  12. Economista Maria Nazaré Henriques, Protocolo de Cooperação com Federação Universal da Paz /Universal Peace Federation (FPU/UPF).

  13. Dr.ª Nelzete, Conselheira do Conselho de Cidadãos Brasileiros.

Transmitimos à Presidência da Assembleia da República Portuguesa o objectivo fundamental e diferenciador das actividades da PISCDIL:

“A Nação (Lusófono e do Mundo) é melhor liderada por profissionais, vocacionados/nascidos-para e com formação própria, que por amadores, movidos pela vontade do poder ou pelo instinto do poder. (…)”

Neste sentido, a Assembleia da República deveria ser constituída por profissionais, vocacionados/nascidos-para e com formação própria, e não por amadores, movidos pela vontade do poder ou pelo instinto do poder.

Profissional é aquele que exerce uma actividade para a qual tem formação própria. Amador é aquele que exerce uma actividade para a qual não tem formação própria, embora possa possuir diplomas curriculares nas mais diversas áreas nacional e/ou internacionalmente reconhecidas.

Fazendo um ponto de situação, referímos que a Formação em Liderança da Nação e Cidadania engloba Formação Curricular e Formação Não-Curricular, esta através de Debates à Distância.

A Formação Curricular digital é coordenada em Portugal por Academia das Ciências de Lisboa /Instituto de Altos Estudos (ACL/IAE), enquanto entidade autónoma/independente e apoiante do Programa de Formação da Liderança da Nação e Cidadania da PISCDIL. Nas outras Comunidades Lusófonas é coordenada autonomamente pelas Instituições Formadoras competentes, assinantes de Protocolos de Cooperação com ACL/IAE. Assim: Academia das Ciências e Humanidades de Cabo Verde, enquanto coordenadora; Universidade Piaget de Guiné Bissau; Universidade Lusíada e Fundação Atena de São Tomé e Príncipe; Instituto de Ciência e Tecnologia de Aileu e Instituto Superior de Filosofia e Teologia D. Jaime Garcia Goulart de Timor L/L. Em curso o processo de Protocolos de Cooperação por parte de Angola, Brasil, Moçambique e Guiné Equatorial.

A Formação Não-Curricular adopta a estratégia de Debates à Distância, englobando tanto as comunidades lusófonas como as comunidades internacionais interessadas.

Ambos os Programas (Formação Curricular e Formação Não-Curricular) tiveram início em janeiro de 2019.

Tendo assinado Protocolo de Cooperação com a Fundação Universal da Paz, representação em Portugal da Universal Peace Federation , durante o recente Dia Mundial da Mulher, o facto indica que os Debates à Distância vão englobar os 194 países representantes da UPF.

Ao mesmo tempo que FPU/UPF. temos Protocolos de Cooperação com: APQ (Associação Portuguesa para a Qualidade; MIL (Movimento Internacional Lusófono); PAS (Plataforma Activa da Sociedade Civil); Escola de Educadores Globais de Brasília, Brasil); Universidade Federal do Espírito Santo Sul (UFES); FAIP (Faculdade de Ensino Superior Interior Paulista, associado a ACIP (Associação Cultural Educacional Interior Paulista). Nos Debates à Distância tem participado, sempre que as  condições informáticas o permitem, para além das Instituições Formadoras assinantes de Protocolos de Cooperação com ACL/IAE: Moçambique (CBS – Cooperate Business Schol, ESGCS), Austrália (Perth e Synei), Malaka.

Salientámos o sentido da estratégia de Debates:

“Um cidadão pode possuir um conjunto de diplomas curriculares (Licenciaturas, Mestrados, Doutoramentos, Especializações, Pós-graduações, etc., mas se, perante uma questão de interesse da Nação, não for capaz de dar um contributo concreto e viável/sustentável, para nada servem tais certificados académicos.”

É nos debates nacionais e internacionais que a Liderança da Nação se irá revelando e se irá formando a si própria.

Não deixámos de aproveitar a oportunidade para apresentar as dificuldades que a PISCDIL tem encontrado, desde o início das suas actividades em 2013, em relação a um espaço equipado com tecnologias informáticas altamente potentes, tanto para os Debates à Distância como para o Ensino da Língua Portuguesa/Lusófona à Distância, cujo Projecto/Programa foi apresentado ao Secretariado Executivo da CPLP de Dr. Maria do Carmo Silveira e do Embaixador Francisco Ribeiro Telles, proposta que foi reencaminhado para o  Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), com sede em Cabo Verde.

Registo fotográfico, que vale mil palavras:

          

 

Logotipo dos Parceiros e Intervenientes:

                                                                  

 

Alberto Araújo

Presidente da Direção PISCDIL

diasporalusofona.nov2015@gmail.com;

+ 351 939 224 312 (WhatsApp)

+351 214 371 532

http://plataformadadiasporalusofona.org

https://liderancanacionalprofissional.timor-diaspora.org/